terça-feira, 24 de julho de 2012

O poder das palavras



Um dia Jesus estava a beira da praia e logo ali se juntou muita gente para ouvir-lhe a palavra e ele contou-lhes muitas histórias e entre elas esta história do agricultor que saiu a semear e que algumas sementes caíram a beira do caminho, outras no meio de pedras, outras em meio a espinhos e por fim outras caíram em terra fértil e se reproduziu muitas vezes. Os discípulos não entenderam a história e então Jesus explicou para eles em particular.


Mateus 13:18-23

18. Escutai vós, pois, a parábola do semeador.


 19.Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e
       arrebata o que foi semeado no seu coração; esta é a semente que caiu a beira do 
       caminho.


20. O que foi semeado em pedregais é o que ouve a palavra, e logo a recebe com 
       alegria; 
21. Mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e, chegada a angústia e 
       a perseguição, por causa da palavra, logo se afasta;


22. E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados 
       deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera;


23. Mas, o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra, e dá 
       fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta.


Jesus compara a palavra a uma semente que contem toda essência da árvore, das folhas, das flores, dos frutos e de novas sementes.
Uma semente sempre crescerá, sempre promovera alguma mutação, assim como a palavra pronunciada por Jesus Cristo que jamais será neutra. Na história vemos que as sementes que caíram à beira do caminho serviram de alimento para os pássaros. A que foi semeada em solo de pedras, chegou a nascer, deixou de ser semente e se tornou uma plantinha, fraquinha é verdade, mas houve uma mutação. A que foi semeada entre os espinhos, também chegou a crescer, mas foi sufocada, porém, de qualquer forma a semente sofreu a transformação própria de sua natureza.


E a que foi semeada em terra fértil nem precisaria explicar, pois é o coração que recebe a palavra de Jesus, coloca-a em pratica e dá frutos fartos e multiplica a sementeira.


Fica claro que a palavra que Jesus pronunciou, a palavra que é o próprio Jesus Cristo... o Verbo se fez carne... nunca é inútil, nunca deixa de trazer alguma mudança. Por isso não devemos nunca deixar de falar de Jesus, de contar as histórias que Jesus contou, e principalmente contar tudo que Jesus fez quando esteve na terra.


Deus Pai em sua infinita sabedoria nos dotou de muitas capacidades e uma delas é nosso cérebro, toda palavra proferida, como disse Jesus sai do coração, mas ... toda palavra escutada pode não ir para o coração, mas certamente será registrada pelo cérebro e ficará ali guardada, como um aquivo de computador, que poderá ser acessado a qualquer momento.


E mais ainda. A energia emanada da palavra repercutirá desde onde partiu até todo universo. A palavra, seja ela boa ou má nunca será inoperante, por isso cuidemos das palavras que nossa boca profere e tenha certeza que as palavras proferidas pelo Senhor Jesus repercutem até hoje por todo cosmo, transformando, criando, frutificando.





Que a doce paz do Senhor Jesus Cristo e cada uma de Suas Palavras estejam presente em nossos corações.






2 comentários:

  1. O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno; Mateus 13:38

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amado irmão João o texto deixa muito claro que o campo é o mundo, mas permita-me observar que fica claro também que a SEMENTE é a Palavra. Deus Pai e Seu Filho Jesus não divide as pessoas em boas ou más, mas divide-as conforme o recebimento da Palavra=Jesus Cristo.Deus te abençoe!

      Excluir

LIBERDADE - FORÇA E VISÃO

Todos queremos ser livres, mas como podemos conseguir a tão sonhada liberdade neste mundo cheio de barreiras, dificuldades e compromiss...