terça-feira, 4 de setembro de 2012

Por quê duvidar?

João foi o profeta que anunciava a vinda do Messias. Foi o profeta que quando Jesus chegou até ele para ser batizado, viu o Espírito Santo descer sobre Jesus em forma de pomba. João foi o profeta que no momento em que batizava Jesus ouviu uma voz do céu dizendo: 


Este é meu Filho Amado em quem
me comprazo (Mateus 3.17)

E no entanto, quando João foi preso e estava por isso, impedido de continuar seu trabalho e com certeza ele sonhava em continuar sua missão ao lado de Jesus, sonhava em andar com o Messias, então quando seu sonho se frustra e ele se vê na prisão ele duvida , fica incerto se este seria mesmo o Messias.

Por quê João duvida?

Acredito que João questionava dentro do seu coração  por quê o poder e a grandeza do Messias não estava operando a seu favor? Ele, João, mais do que qualquer um outro sabia do poder e da grandeza que o Messias vinha revestido. Ele dava testemunho de Jesus, o seu espírito conhecia o espírito do Senhor e isso desde o ventre materno, pois quando Maria, mãe de Jesus fora visitar Isabel, mãe de João, e as duas estavam ainda grávidas deles, quando se deu esse encontro das duas a bíblia diz que o  ventre de Isabel estremeceu ao encontrar-se com Maria. João era só um pouquinho mais velho do que Jesus.


Provavelmente, ali na prisão, João se sentiu sozinho e abandonado diante daquele circunstância, pois afinal ele era aquele que passara a vida dando testemunho de Jesus, anunciando o Messias que agora estava ali vivendo entre o povo.

Seus planos e sonhos estavam sendo frustrados e não era isso que João imaginava que aconteceria com ele quando Jesus chegasse. E então entra a dúvida no seu coração e ele manda seus discípulos ao encontro de Jesus para lhe perguntar se Ele era mesmo o Messias ou se deviam esperar outro?

Quando João ouviu, no cárcere, falar das obras de Cristo,
mandou por seus discípulos perguntar-lhe:
És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro?
(Mateus 11:2-3)

Creio eu, que Jesus deixa os discípulos de João um bom tempo ali esperando antes de lhes dar oportunidade de o questionarem como João mandou e isso para que nesse tempo de espera eles pudessem presenciar os milagres Dele, Jesus, no meio da multidão, e então quando eles chegam até Jesus e lhes faz a pergunta, Jesus responde:

E Jesus, respondendo, disse-lhes:

Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo:
os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, 
os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres 
está sendo pregado o evangelho.
E bem-aventurado é aquele que não achar em mim motivo de tropeço.
(Mateus 11:4-6)

Nesta última frase de Jesus, que está no versículo 6, fica claríssima a resposta direta de Jesus para João, era um recado de espírito para espírito.

BENDITO, FELIZ É AQUELE QUE NÃO
DUVIDAR DE MIM!

E você, também tem duvidado de Jesus em seus momentos de angustia? Também tem duvidado de Jesus quando seus sonhos são frustrados? Também tem duvidado de Jesus quando Ele não vem com a solução que você esperava? Também tem duvidado de Jesus quando você não é tratado pelo Mestre como alguém diferenciado dos demais?

Provavelmente o testemunho maravilhoso, estupendo e grandioso de Jesus a respeito de João ele nunca ficou sabendo, os que estavam ali presentes naquele momento souberam, o mundo ficou sabendo através das escrituras, mas João só veio a saber lá na glória.

Não duvide do teu Senhor Jesus, Ele nunca frustra nossos planos, mas nem sempre o Seu agir vem da forma que pensamos ou esperamos. Jesus jamais dará motivos para que nos tornemos orgulhosos ou nos sintamos melhor do que os demais. Ele nunca permitirá que percamos a eternidade por causa de um momento de glória na terra, e não permitirá que a humildade seja sufocada pelo soberba e te derrube e te afaste Dele. Ele cuida de você tenha certeza disso!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE - FORÇA E VISÃO

Todos queremos ser livres, mas como podemos conseguir a tão sonhada liberdade neste mundo cheio de barreiras, dificuldades e compromiss...