sábado, 26 de outubro de 2013

A Glória de Deus




Já li muitos artigos que falam sobre a Glória de Deus e quase todos são repletos de descrições utópicas, ou seja, de maneira idealista, fantasiosa, quase impossível de se realizar. Mas a Glória de Deus é algo bem tangível, bem visível, e quando se manifesta é uma manifestação impossível de não ser notada, sentida e vivenciada.

Certa vez, há alguns anos atrás, eu tive o privilégio de ver manifestada a Glória de Deus. Era um dia comum, como todos os outros. Mas eu passei o dia todo ouvindo e cantando a música Mostra-me Tua Glória de Alda Célia. De manhã até a noite eu cantei e cantei essa música enquanto cuidava dos meus afazeres. À noite fui para o culto, e nessa época eu era diretora do departamento infantil da igreja, cargo que ocupava há bem pouco tempo. Não havia salas próprias e equipadas para as crianças, estavam sendo feitas, então ficávamos com as crianças no salão da lanchonete, no pátio da igreja e dividíamos os grupos em faixas etárias, com uma irmã para cada grupo. Não era fácil, pois recebíamos em média de 20 a 30 crianças e esse número cada vez aumentava mais.

Era uma sexta feira, culto de libertação, e particularmente nesse dia havia umas 50 crianças e elas estavam indomáveis. As irmãs e eu tentávamos organizar como sempre, dar atividades, mas naquele dia nada estava funcionando. As crianças falavam sem parar, gritavam, alguns meninos começaram a subir sobre as mesas, começou haver discussões...Meu Deus, o que era aquilo? As irmãs olhavam para mim buscando direcionamento e eu não sabia o que fazer, eu parada olhava aquela situação incontrolável e só consegui balbuciar: Senhor mostra-me Tua Glória! Mostra-me Tua Glória Senhor!

De repente... o barulho cessou, as crianças se agruparam e começaram alegremente fazer a atividade que as tias haviam proposto antes e deixado os materiais sobre as mesas. Olhava para elas e estavam sorrindo umas com as outras, e quando falavam, era baixinho. Nós olhávamos uma para outra espantadas, certas que o Senhor enviara anjos para aquele lugar, só podia ser isso. E assim foi até o final do culto, e as crianças foram embora felizes, mostrando aos pais o que tinham feito na escolinha. Era uma paz e alegria em cada rostinho indescritível.

Quando me preparava para ir embora, minha mãe que estivera no culto lá na igreja me disse: "Nossa! Você precisava ver que coisa linda aconteceu hoje no culto! Houve uma hora que o pastor falou para orarmos pelo depto infantil, pelas crianças da igreja e toda a igreja se ajoelhou e começou a orar, ficamos assim orando ajoelhados uma meia hora". Conforme ela ia falando eu ia entendendo tudo que havia acontecido. O Senhor me preparara durante o dia todo,  para essa guerra com o diabo que eu iria enfrentar a noite. Meu clamor chegou até o altar e nosso pastor ouviu a voz do Senhor mandando orar, porque a guerra lá no depto infantil estava sendo travada. Foi algo maravilhoso! 

Foi uma linda Experiência com Deus, inesquecível, que me emociona e fortalece até hoje, pois Deus me mostrou Sua Glória bem de pertinho.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE - FORÇA E VISÃO

Voar como Águia Todos queremos ser livres, mas como podemos conseguir a tão sonhada liberdade neste mundo cheio de barreiras, dificu...