sábado, 3 de dezembro de 2011

Ande sobre o Mar

Mateus 14

24 - ...e lá no lago os discípulos estavam em dificuldades, pois o vento tinha se levantado e eles lutavam com o mar muito agitado.
25 - perto das 4 horas da madrugada, Jesus veio até eles, caminhando por cima da água.

O texto diz claramente a situação daquele momento, mar agitadíssimo, os discípulos no barco a deriva, quando vêm alguém vindo andando por sobre as águas.


26 - Eles gritaram de medo, pois pensaram que fosse um fantasma.


27 - Mas Jesus logo tranquilizou-os dizendo-lhes: "Não tenham medo, sou Eu!"

Imagine a cena, entre dentro desse barco, visualize você ali junto com os discípulos, veja a tempestade, a embarcação balançando pra lá e pra cá, quase a virar, as ondas se agigantando, o vento soprando muito forte. Você e os outros agarrando a vela, sim porque era barco a vela, tentando manter o barco equilibrado, a água arrebentando na proa, invadindo o barco e de repente você olha e vê um vulto se movimentando no meio do mar e o pior, vindo em direção a vocês. Assustador!!!!

Mas ao ouvirem a voz de Jesus, imagino que o coração desacelerou um pouco, porém, Pedro, impetuoso, como sempre, diz:

28 - ..."Senhor, se realmente é o Senhor, diga-me que eu vá caminhando por cima da água até onde o Senhor está".
29 - ... Disse o Senhor: "Venha"! Assim, Pedro saiu do barco e caminhou por cima da água em direção de Jesus.

Vocês podem imaginar que experiência maravilhosa foi essa! Pedro foi o único homem, até o dia de hoje, que caminhou em cima das águas do mar, e de um mar agitadíssimo por forte tempestade. Que Experiência Com Deus fantástica foi isso. Creio que esse pedido de Pedro atrasou a chegada de Jesus ao barco, pois Ele parou no meio do mar e esperou por Pedro, e enquanto isso no barco,  os outros discípulos deviam estar assistindo a tudo paralisados. 

Mas, eu gostaria de falar em particular sobre as palavras de Pedro para Jesus naquele momento ... Pedro duvidou da presença de Jesus, ele também pediu uma prova de que era Jesus mesmo, e foi atendido, mas AFUNDOU.

30 - Mas quando Pedro olhou em volta para as ondas altas, ficou cheio de pavor e começou a afundar. "Salva-me Senhor!" gritou ele.
31 - NO MESMO INSTANTE Jesus estendeu-lhe a mão e o salvou. "Oh! homem de tão pequenina fé, porque você duvidou?" disse Jesus.

Quantas vezes nós já não tivemos a mesma atitude de Pedro? Quantas vezes nós já usamos frases parecidas com a de Pedro ... "Se o Senhor é comigo ..., "Se o Senhor está ouvindo minha oração..., Se o Senhor está em minha vida? Etc, etc, etc
E Jesus responde como respondeu para Pedro, o Senhor confirma a Sua Presença e quer que nos lancemos na situação, que encaremos o problema de frente, e diante da palavra do Senhor, nós vamos,  esquecemos a força do mar, do vento, o tamanho das ondas, e olhamos só para Jesus, começamos a viver o maravilhoso de Deus, mas como Pedro, tiramos os olhos do Senhor e olhamos de novo para o problema, e então, ficamos com medo, perdemos a oportunidade de viver algo maior com Deus. 

Eu creio que se Pedro continuasse olhando para Jesus, a experiência com Deus que já estava sendo tremenda seria ainda muito maior, eu creio que ele chegaria até onde estava Jesus, que o Senhor autorizaria a ele mesmo dar ordem ao mar e ao vento para se aquietar, que eles juntos e abraçados voltariam para o barco, diante dos olhos arregalados de todos. 

Mas, mesmo afundando,  não se pode negar a experiência maravilhosa de Pedro ... Ele andou sobre o mar! ... Ele afundou, mas ele andou sobre o mar ... mas ele afundou, mas ele andou sobre o mar!

Deus os abençoe hoje e sempre. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE - FORÇA E VISÃO

Todos queremos ser livres, mas como podemos conseguir a tão sonhada liberdade neste mundo cheio de barreiras, dificuldades e compromiss...